quinta-feira, 23 de novembro de 2017

'Lateronis': Mandados são cumpridos em Salvador e em outras 15 cidades baianas

 'Lateronis': Mandados são cumpridos em Salvador e em outras 15 cidades baianas
Foto: Divulgação

A Operação Lateronis, deflagrada nesta quinta-feira (23) pela Polícia Federal (veja aqui), cumpre mandados em 16 cidades baianas. São elas: Barra do Choça, Cândido Sales, Condeúba, Encruzilhada, Ribeirão do Largo, Gandu, Itambé, Jequié, Piripá, Vitória da Conquista, Tanhaçu, Ipirá, Salvador, Barreiras, Luís Eduardo Magalhães e Formosa do Rio Preto. 

Também foram expedidos mandados judiciais para serem cumpridos na cidade mineira de Mata Verde. Cerca de 160 policiais federais e 16 auditories do Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União cumprem nove mandados de prisão preventiva, quatro de prisão temporária, 13 mandados de medidas cautelares e 41 de busca e apreensão. 

As investigações que levaram à operação apontam que três falsas cooperativas que pertenciam a um mesmo grupo venciam licitações de maneira recorrente e desviavam os recursos públicos obtidos por meio desses contratos, sobretudo na área de transportes. Entre 2010 e 2016, a organização criminosa investigada obteve cerca de R$ 140 milhões em contratos, dos quais R$ 45 milhões teriam sido desviados. Segundo a PF, parte do montante era usado para corromper agentes políticos e interferir em decisões dos poderes Executivo e Legislativo municipais, além de financiar ilegalmente campanhas eleitorais como forma de a organização criminosa se manter no poder. 

O grupo chegava até a decidir os candidatos que concorreriam aos cargos eletivos nos municípios de atuação, a formação das coligações locais, o secretariado a ser nomeado pelos prefeitos e se as Câmaras Municipais aprovariam ou não as contas de cada município. Os envolvidos responderão por peculato, organização criminosa, lavagem de dinheiro, corrupção ativa e passiva e fraude à licitação.

quarta-feira, 18 de outubro de 2017

Garoto de 12 anos fala sobre medo após ser atingido por bala perdida na orla de Paripe

Garoto de 12 anos fala sobre medo após ser atingido por bala perdida na orla de ParipeGaroto de 12 anos foi atingido por tiro na perna durante confusão em praia de Salvador (Foto: Reprodução/TV Bahia)
O menino de 12 anos atingido por uma bala perdida enquanto brincava na praia de Tubarão, que fica no bairro de Paripe, subúrbio de Salvador, disse que não percebeu que tinha sido baleado na perna no momento em que ocorreu uma confusão generalizada no local. Além dele, outro jovem de 13 anos foi baleado e um homem morreu. A suspeita é de que tenha ocorrido um confronto entre duas facções rivais.
O garoto de 12 anos passou por uma cirurgia no Hospital do Subúrbio, na capital baiana, e já recebeu alta médica. Ele conta que foi atingido quando estava brincando com o irmão. A bala atravessou a perna do menino. “Eu só percebi quando a mulher falou: ‘olha, ele foi baleado, ele foi baleado’. Aí, eu olhei para a minha perna. Depois, enrolou a camisa onde a bala atingiu e ficou segurando”, disse o garoto.
gora, ele não esconde o medo de voltar para a praia. “Eu pensei que ia acontecer alguma coisa de grave comigo. Acho que não vou mais voltar para a praia, não vou mais”, relatou o garoto.
A mãe do jovem disse levou um grande susto. “Fiquei muito nervosa. Foi um desespero imenso, uma sensação de perda horrível quando as pessoas me disseram que ele foi baleado. Medo de deixar ele sair, medo até de ir para a praia, até eu mesmo levando ou deixando com alguém. A sensação é de medo”, disse.
O outro menino de 13 anos também baleado continua internado no Hospital do Subúrbio. Não há informações atualizadas sobre o estado de saúde.
CASO
 A confusão na praia ocorreu no final da tarde do feriado de quinta-feira (12), segundo informações da Polícia Militar. Um dos baleados, Carlos Iuri dos Santos Nunes, de 23 anos, não resistiu aos ferimentos e morreu na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Paripe, conforme dados registrados no Centro Integrado de Comunicação (Cicom).
Testemunhas contaram à polícia que a confusão começou quando um homem armado, ainda não identificado, chegou na praia procurando por outro rapaz. Por não encontrar quem buscava, esse homem teria atirado em várias direções.
Conforme a Secretaria de Segunça Pública da Bahia (SSP-BA), o caso tem a ver com briga entre facções rivais. O caso está sob investigação da 5ª Delegacia de Periperi, segundo a SSP. Ainda não há informações sobre suspeitos.

Uefs abre inscrições para o vestibular 2018.1


As provas serão aplicadas nos dias 4 e 5 de fevereiro de 2018.

Resultado de imagem para UEFS

Está aberto o período de inscrições para o Processo Seletivo (Prosel) 2018.1 da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs). Os candidatos poderão escolher entre 25 opções de cursos. As provas serão aplicadas nos dias 4 e 5 de fevereiro de 2018.

Desta vez, 921 vagas estão sendo oferecidas, sendo 50% reservadas para alunos egressos de escolas da Rede Pública (destas 80% são reservadas para os que se autodeclaram afro-descendentes) e 50 vagas para membros de comunidades indígenas ou quilombolas.

As inscrições serão realizadas, exclusivamente, pela internet através do Portal da Uefs, na área “Serviços”, opção “Prosel/Vestibular”. Outra alternativa é acessar, diretamente, a home page da Coordenação de Seleção e Admissão (CSA) da Uefs: http://csa.uefs.br

Os candidatos terão até o dia 10 novembro para se inscrever no Processo Seletivo. Já o pagamento da taxa de inscrição poderá ser feito até o dia 13 de novembro, em qualquer agência do Banco do Brasil. 
Tenente é conduzido a delegacia por suspeita de filmar mulher em banheiro de shopping
Tenente é conduzido a delegacia por suspeita de filmar mulher em banheiro de shopping
Foto: Reprodução / TV Bahia
Um tenente da Polícia Militar identificado como Robson Santiago dos Santos foi detido na tarde desta terça-feira (17) após uma mulher denunciar que foi filmada por ele dentro do banheiro feminino de um shopping em Stella Maris. 

Robson é lotado no 12º Batalhão da PM (BPM/Camaçari). Segundo informações da TV Bahia, a vítima, uma funcionária do estabelecimento, também foi conduzida à Delegacia de Itapuã para prestar depoimento sobre o caso, que aconteceu por volta das 13h, quando a vítima entrou em uma das cabines do banheiro. Robson estava sem farda e teria usado seu próprio celular para gravar imagens da mulher por debaixo da porta. O PM foi flagrado pela vítima, que saiu correndo atrás dele – as câmeras do estabelecimento mostraram o momento em que o tenente saiu apressadamente do local. "A gente viu, na verdade, uma pessoa correndo dentro do shopping e a menina correndo atrás, dizendo que ele tinha filmado ela dentro do sanitário. 

Ele tentou usar da condição de policial militar para não ser preso. Alegou que quem estava prendendo ele era de escalão mais baixo e que, por isso, não podia ser levado por eles", relatou uma testemunha em entrevista a TV Bahia. 

Outra mulher que estava no banheiro no momento em que a situação aconteceu também suspeita ter sido filmada. "Eu entrei no banheiro rapidinho e tinha uma porta fechada. Foi quando a menina entrou e saiu correndo. Ele passou por mim, correndo. Fico preocupada porquê, com certeza, ele me filmou", destacou. A Polícia Militar, agentes da 15ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) estiveram no local e conduziram o suspeito e a vítima para a delegacia. O celular do PM foi apreendido, mas segundo o delegado Maurício Moradillo, não foram encontradas imagens no aparelho que comprovem o crime. Mesmo assim, o celular, no entanto, passará por uma perícia.

Fonte: Bahia Noticias

domingo, 1 de outubro de 2017

Fiscal da SMTT morre a tiros em Feira

Fiscal da SMTT morre a tiros em Feira

A Polícia apura se o crime está relacionado ao trabalho de fiscalização realizado por Irlan Pedro

O Fiscal da Secretaria Municipal de Transporte e Transito (SMTT) de Feira de Santana, Irlan Pedro da Silva Basto de 28 anos foi assassinado com vários tiros de pistola, na noite de sexta-feira (29-09-17), por volta das 21h30, no interior de um salão, localizado na Rua Uberlândia, no bairro São João, o antigo Campo do Gado Velho.
Segundo informações, Irlan se encontrava no interior do salão de “Ricardinho Cabeleireiro”, aguardando o tempo para cortar o cabelo, quando dois criminosos montados em uma motocicleta de dados ignorados, se aproximaram, o carona desceu, sacou a arma e deflagrou vários tiros, acertando cabeça e tórax do fiscal, que não resistiu e morreu no local.
Fiscal que combatia “ligeirinho” é assassinado dentro de salão
Ainda de acordo com informações, os assassinos fugiram tomando rumo ignorado. Policiais plantonistas da Delegacia de Homicídio e Proteção a Pessoa (DHPP), juntamente com peritos do Departamento de Polícia Técnica (DPT), sob o comando da delegada Joselita de Paula, compareceram ao local do crime, onde realizaram o levantamento cadavérico e iniciaram as primeiras investigações.
A DHPP, está investigando se o crime tenha algo a ver com a função que a vitima trabalhava na SMTT. Irlan morava no Conjunto Feira V.

STF inocenta João Leão em ‘quadrilhão’ do PP

STF inocenta João Leão em ‘quadrilhão’ do PP

Depois de declarar que estava cagando e andando para Lava Jato quando foi citado no inquérito, o vice-governador da Bahia, João Leão (PP), afirmou, em entrevista ao Varela Notícias que “não tenho mínimo receio de depor novamente. Leão esteve presente no camarote do governo do estado neste domingo Confira

O advogado Gamil Föppel defendeu o encerramento da apuração pela ausência mínima de elementos plausíveis

O vice-governador da Bahia, João Leão (PP), obteve uma vitória no Supremo Tribunal Federal (STF) esta semana. De acordo com o Conjur, o pepista foi inocentado num inquérito da Lava Jato que apurava um esquema de corrupção ligado ao seu partido.

Segundo a decisão, não havia provas suficientes sobre o caso. Pelo mesmo motivo, a corte inocentou outras 13 autoridades. O inquérito foi aberto com base em denúncias feitas em delações premiadas.

Na petição de defesa de Leão, encaminhada ao então ministro Teori Zavascki, o advogado Gamil Föppel defendeu o encerramento da apuração pela ausência mínima de elementos plausíveis que justificassem o procedimento.

“As imputações ao peticionário, feitas indevidamente pelos delatores, são até mais frágeis que outras apresentadas em relação a outras pessoas, que, acertadamente, tiveram promoção de arquivamento suscitada. Que dado concreto, além das palavras ao vento abandonadas pelos delatores, foi apresentado que justificasse a abertura de investigações? A resposta negativa se impõe, máxime quando, por um preceito lógico, não se pode provar fato incorrido”, afirma Föppel.
FONTE: bahia.ba

Ação conjunta entre PRF e PM apreende 200 kg de maconha em Feira


Ação conjunta entre PRF e PM apreende 200 kg de maconha em Feira

Força Tarefa da SSP, Polícia Rodoviária Federal, Batalhão de Choque e Cipe/Litoral Norte encontraram a droga e prenderam três pessoas em flagrante

Reinam Santos de Lima, José Alves Nogueira Neto e Daiane Cerqueira Silva foram presos neste domingo (1), em Feira de Santana. Juntos eles integravam uma quadrilha de tráfico de drogas que só no momento da prisão guardava 200 quilos de maconha e 1 quilo de cocaína.

A primeira parte da droga, 59 quilos de maconha prensada, foi interceptada no veículo Onix branco de placa OVC-0559, quando passava pelo posto policial da Polícia Rodoviária Federal (PRF), na BR 116 Sul. Condutor do veículo, Reinam informou a origem da maconha seguindo com os policiais para Santo Estevão onde, no bairro Marambaia, José Alves foi encontrado. Ele assumiu ter entregue a droga a Reinam.

Reinam contou ainda que encontraria uma mulher nas proximidades da Rodoviária de Feira de Santana para a entrega de mais drogas. Assim se deu a prisão de Daiane, que escondia em duas malas 104 tabletes de maconha e um de cocaína.

"Nossa meta é que os próximos meses sigam o mesmo ritmo de setembro, período em que a polícia baiana bateu o recorde do ano de apreensões de drogas. As operações conjuntas estão nos permitindo maiores resultados nas ações", destacou o coordenador da Força Tarefa, major Marcelo Barreto.

Na operação conjunta, que contou com a união de esforços de policiais da Força Tarefa da SSP, PRF, Batalhão de Choque e Cipe/Litoral Norte foram recolhidos ainda cinco celulares. Os suspeitos e o material apreendido foram apresentados na Central de Flagrantes de Feira de Santana.